Boa Vista do Tupim

Técnicos vistoriam localidades para a implantação de dez poços artesianos em Boa Vista do Tupim

Os equipamentos foram liberados pelo DNOCS

13/11/2019 11h35Atualizado há 4 semanas
Por: Redacao
Fonte: Assessoria
Presidente Sávio Bulcão acompanhou a equipe
Presidente Sávio Bulcão acompanhou a equipe

A Prefeitura Municipal de Boa Vista do Tupim, através da Secretaria Municipal de Agricultura, objetivando melhorar a vida do homem do campo, firmou parceria com o Departamento Nacional de Obras Contra a Seca – DNOCS, para a implantação de dez (10) poços artesianos na zona rural do município.

A iniciativa que tem por objetivo beneficiar as comunidades rurais quanto ao problema da falta d’água, é fruto do trabalho de parceira do prefeito Helder Lopes Campos em parceria com o deputado federal Adolfo Viana, que destinou uma emenda no valor de R$ 800 mil reais. “O deputado Adolfo Viana tem sido um grande parceiro de Boa Vista do Tupim, tem buscado projetos e implementado ações que visam beneficiar os agricultores e produtores rurais familiares do nosso município” disse o gestor.

Os poços foram avaliados pela equipe técnica da empresa Agrosolo. As visitas nas localidades foram feitas com a presença do presidente da Câmara, vereador Sávio Bulcão. “Os poços serão perfurados e vai levar água para os moradores. A gestão municipal tem olhado muito para o homem do campo. Esses dez poços ajudará a amenizar o sofrimento que almeja a falta do precioso liquido” relatou.

Nos próximos dias serão feitos os serviços de construção das bases, colocação das caixas d’água e implantação dos chafarizes. Dependendo do estudo dos técnicos, alguns poços poderão ter o seu funcionamento por energia elétrica, outros por gerador de energia e alguns por cata-ventos.

Segundo Vânia Cerqueira, que esteve a frente das visitas, disse que a água dos referidos poços será utilizada pela comunidade para diversas finalidades, de acordo com a necessidade de cada região. “Vai garantir um constante abastecimento, minimizando consideravelmente a escassez de água e a necessidade hídrica das comunidades beneficiadas” finalizou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias