Publicidade: ACESSA BAHIA
Iaçu-Bahia

Prefeito Adelson Oliveira e vereadores participam da inauguração da CEJUSC no Fórum de Iaçu

O evento foi realizado na segunda 06

08/01/2020 21h30Atualizado há 2 meses
Por: Redacao
Fonte: TJ-BA
353
Presidente do TJ-BA e Prefeito Adelson Oliveira
Presidente do TJ-BA e Prefeito Adelson Oliveira

“O Cejusc revela-se como forte instrumento de ampliação e facilitação de acesso à justiça, oferecendo serviços inteiramente gratuitos, com a importante missão de promover a pacificação social”, assim enfatizou o Presidente em Exercício do Tribunal de Justiça da Bahia, Desembargador Augusto de Lima Bispo, durante a inauguração do Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos (Cejusc) do município de Iaçu, ocorrida na manhã de segunda-feira (6).

A nova unidade, instalada no Fórum Deputado Luís Eduardo Magalhães, atuará no âmbito pré-processual, processual e contará também com o setor de cidadania. Conforme Decreto Judiciário nº 832, de 27 de dezembro de 2019, a coordenação dos trabalhos está cargo do Juiz André de Souza Dantas Vieira, Diretor do Fórum.

Durante a solenidade, ocorreu também a entrega do Título de Cidadão Iaçuense ao Desembargador Augusto de Lima Bispo e à Desembargadora Joanice Maria Guimarães de Jesus, Presidente do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec). A honraria foi proposta pelo Vereador José Antônio Dias Leite. A Câmara Municipal homenageou também a Assessora Especial da Presidência para Assuntos Institucionais, Juíza Rita Ramos.

Na ocasião, o Presidente em Exercício falou sobre a satisfação em inaugurar mais um Cejusc e ressaltou que o TJBA continua buscando o fortalecimento do 1º Grau. O Magistrado comentou também sobre o título recebido.

Ao se pronunciar, a Desembargadora Joanice fez questão de destacar a função social do Cejusc. “Ter um Cejusc é ter a oportunidade de resolver os conflitos de uma maneira satisfativa. As pessoas não vão ser atendidas porque têm um número de processo, porque existe um processo, elas vão ser atendidas porque são cidadãs. Há então a elevação da dignidade da pessoa humana”, afirmou a Magistrada.

Coordenadora do Nupemec, a Juíza Rita Ramos não escondeu sua felicidade em inaugurar mais um Centro e fez questão de enfatizar a relevância do trabalho que tem sido feito ao longo da gestão, durante a qual já foram instaladas 42 unidades do Cejusc, buscando proporcionar a pacificação dos conflitos na sociedade baiana.

A instalação da unidade no município de Iaçu é fruto da parceria com o Poder Executivo. Presente à cerimônia, o Prefeito Adelson Sousa de Oliveira comentou sobre a importância da mediação de conflitos e agradeceu em nome do povo de Iaçu.

Para o Juiz André de Souza Dantas Vieira, a importância do Cejusc vai além da simples aplicação da justiça. O Juiz Coordenador considera a instalação da unidade como um marco para o município.

Aproveitando a oportunidade, os membros do TJBA presentearam o Juiz André Vieira e autoridades locais com o Livro “410 anos fazendo história”, lançado em homenagem ao aniversário da Corte baiana.

A solenidade de inauguração foi acompanhada também pelo Vice-Prefeito de Iaçu, Carlito Couto de Brito; pelo Prefeito do Município de Marcionílio Souza, Adenilton dos Santos Meira; pelo ex-Prefeito de Milagres, Raimundo Silva; pelo ex-Prefeito de Marcionílio Souza, Edson Brito; pelo Presidente da Câmara Municipal de Iaçu, Vereador Gilberto Fernandes Dias; pelos Vereadores iaçuenses Magno Flôr e José Antônio Dias Leite, proponente das honrarias; pela Vereadora Roberta Carvalho, Presidente da Câmara Municipal de Milagres; pelos Advogados Cláudio Lima, representando a OAB-BA subseção Itaberaba, e Bruno Calmon, Supervisor do Cejusc Iaçu; pelo Delegado da Comarca de Iaçu, Itallo Bruno Araújo de Melo; e pelo Soldado PM Sacramento, representando o Capitão PM Evandro Cerqueira Barbosa. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.