Quinta, 19 de Maio de 2022 22:32
Geral Itaberaba

Cozinha Show destaca produtos de Itaberaba e região; evento aconteceu durante a 4ª Expoparaguaçu 2022

A Cozinha Show aproveita os ingredientes que são produzidos no local pela agricultura familiar

25/03/2022 17h07
37
Por: Redacao Fonte: Assessoria
Cozinha Show destaca produtos de Itaberaba e região; evento aconteceu durante a 4ª Expoparaguaçu 2022

Os saberes e sabores da agricultura familiar foram compartilhados por três dos melhores chefs de cozinha da Bahia entre os dias 25 e 27 de março em mais uma edição da Cozinha Show que aconteceu durante a 4ª Expoparaguaçu e Feira da Agricultura Familiar 2022 em Itaberaba, portal da Chapada Diamantina. A organização do evento trouxe para a edição deste ano os mestres Solange Borges, Caco Marinho e Uerisleda Moreira que apresentadas ao público Receitas preparadas com ingredientes da agricultura familiar de Itaberaba e região.

A Cozinha Show aproveita os ingredientes que são produzidos no local pela agricultura familiar. O intuito é trabalhar com uma base de produção sustentável que traz benefícios à saúde, já que são mais livres de produtos químicos, e ao mesmo tempo movimentar a economia da região. A sustentabilidade passa pelos eixos econômico, social e ambiental. Portanto, no âmbito do social podemos olhar para esses ingredientes e pensar na ancestralidade da própria cidade de Itaberaba como se ela estivesse sendo posta na mesa. Essa é uma maneira criativa e autêntica de valorizar a nossa própria cultura.

Solange Borges, agricultora, chef de cozinha com especialidade em culinária de terreiro, fala da experiência que foi a Cozinha Show, “Eu estou achando tudo  fantástico porque é um evento que traz agricultores da região. Pude conhecer a diversidade da palma, do licuri, o abacaxi que inclusive colocamos na nossa receita. Solange apresentou ao público uma receita típica daqui de Itaberaba, uma tilápia na folha de bananeira. 

Solange Borges é agricultora, chefe de cozinha e especialista em culinária de terreiro.

“É Tudo bem simples como eu sempre faço, como a agricultura familiar faz, como o povo faz, vai ali na roça pega uma coisinha e prepara o alimento. Fiz uma vinagrete com o abacaxi de Itaberaba, com o queijo de cabra que também é daqui da região, achei ótimo”, disse Solange. “Para finalizar, fiz uma farofa de dendê de pilão que é utilizada na Agrovila Pião Manso, da culinária de terreiro como o Coopirecê”.

Solange contou que atua na agricultura familiar desde 2014 e que o gargalo desse setor, pelo menos na sua comunidade, é o escoamento da produção, mas se diz animada com a Casa Show, a 4ª Expoparaguaçu e Feira de Agricultura Familiar porque, segundo ela, é uma oportunidade de mostrar o produto para outras pessoas conhecerem e adquirirem.

“Escoar a nossa produção é o que a gente mais precisa. Se você planta um coentro e colhe, esse coentro vai crescer e não tem como estocar, tem que colocar ele no mercado, senão perde, porque é comida viva, comida de verdade”, pontuou Solange Borges.

O chef Caco Marinho diz que o chefe de cozinha é um elo entre o produtor e o consumidor que tem o compromisso de ser embaixador dos ingredientes dos produtores. Para ele, a Cozinha Show foi uma oportunidade de olhar nos olhos das pessoas e poder compartilhar e aprender também. Caco não deu apenas uma aula de receita, mas proporcionou um momento de conversa sobre segurança alimentar e soberania alimentar. O cozinheiro chefe, explicou a importância de trilhar o caminho da biodiversidade, da agricultura familiar, da agrofloresta, do quintal produtivo e da sustentabilidade como forma de fazer frente ao latifúndio, à monocultura, às grandes corporações que não distribui renda, que avançam sobre comunidades tradicionais e sobre biomas. 

Caco Marinho apresentou baio de dois com flocão, prato tipicamente nordestino.

“Hoje eu fiz dois preparos da cultura nordestina, um baião de dois que na verdade não é de origem Baiana, mas é Nordestina, e mistura o arroz com feijão, a carne de fumeiro de Maragogipe e o queijo coalho daqui de Itaberaba. A outra versão foi um tropeiro com um flocão de milho da Coopirecê, que é uma flocão não transgênico, de excelente qualidade. Tendo como base a carne de fumeiro e o feijão verde”, disse Caco Marinho.

A professora de gastronomia da Universidade Federal da Bahia, Uerisleda Moreira, foi uma das que brilhou na Cozinha Show e surpreendeu ao público trazendo receitas feitas com o nosso abacaxi. A professora apresentou um bolo salgado com carne de sol de Itaberaba, adicionou o queijo coalho, também feito na terra, e finalizou com o abacaxi grelhado. “Estou apaixonada pela grandeza da 4ª Expoparaguaçu e pela cidade de Itaberaba. Não esperava tanto, estou surpreendida e amando conhecer o evento e a cidade”, relatou a professora.

“Ontem na Feira a primeira coisa que eu li quando eu cheguei na entrada foi ‘terra do abacaxi’, e como eu já sabia que aqui se produz o melhor abacaxi do Brasil, eu planejei duas receitas, uma doce e outra salgada, com abacaxi para que a gente pudesse pensar na utilização desse ingrediente produzido pela Agricultura Familiar aqui do município”. 

Para os itaberabenses é muito comum as receitas doces do abacaxi, o suco, além do abacaxi grelhado e outros pratos que são tradicionais na sobremesa dos itaberabenses. Mas a ideia de trazer para a Cozinha Show o abacaxi numa preparação salgada foi uma novidade que agradou a quem assistiu ao evento. 

Uerisleda Moreira trouxe inovação com preparação salgada do abacaxi

“É só esquentar o azeite na frigideira, colocar o abacaxi, adicionar um pouquinho de sal, e pode temperar com o que quiser, alho e cebola desidratada. Esse abacaxi salgado a gente serve junto com o bolo salgado que dá um contraste porque o abacaxi daqui é muito doce”, explicou.

Outra receita feita por Uerisleda Moreira foi um bolo de mel utilizando produtos da agricultura familiar local. Além do mel, a mestra utilizou também o café, produzido na região. “A gente andou pela feira ontem e cantamos muitos desses produtos que podem ser incluídos nas nossas refeições”, contou.

A Cozinha Show foi um espaço de troca entre os chefs de cozinha e a comunidade que também surpreendeu levando o conhecimento para os profissionais da cozinha e para todos que assistiram. 

“Quando eu fiz o bolo e descobri que a geleia que eu ia utilizar foi produzida pelos jovens que estavam assistindo a aula, eu abri mão de fazer o bolo, e aí os jovens vieram para frente e fizeram o bolo comigo. Aquilo que seria uma aula show se tornou um momento de partilha”, contou empolgada a professora.

A Cozinha Show deste ano apresentou receitas que podem facilmente serem preparadas em casa para gerar renda e fomentar a circulação dos produtos da própria cidade. “Itaberaba tem produtos maravilhosos. Tivemos a oportunidade de experimentar uma geleia de abacaxi por um grupo de jovens que estavam aqui na Cozinha Show e eu achei incrível a troca. As receitas que fizemos aqui, as pessoas podem fazer em casa para consumirem e para vender também”, concluiu Uerisleda Moreira

A Expoparaguaçu é realizada pela Prefeitura Municipal de Itaberaba por meio Secretaria de Agricultura, Meio Ambiente, Indústria e Comércio (Seagri) e pelo Governo do Estado da Bahia através da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura, Secretaria de Desenvolvimento Rural, Superintendência de Agricultura Familiar (Suaf), Federação das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes) Secretaria de Desenvolvimento Econômico e com apoio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Fundação Luís Eduardo Magalhães e do Projeto Bahia Produtiva.

Ele1 - Criar site de notícias