Quinta, 19 de Maio de 2022 21:24
Saúde Itaberaba

Itaberaba é destaque na atenção pré-natal e humanização do parto

As consultas de pré-natal normalmente são realizadas pelos médicos e enfermeiros da saúde da família com o apoio dos obstetras da rede

07/04/2022 15h30
20
Por: Redacao Fonte: Assessoria
Itaberaba é destaque na atenção pré-natal e humanização do parto

Médicos e enfermeiros da Rede Materno Infantil do Hospital Geral de Itaberaba e das Unidade de Saúde da Família, reúnem-se toda primeira quarta-feira do mês para realizar estudos clínicos, e debater temas como hipertensão na gestação, infecção urinária e atenção às gestantes. 

O efeito desses encontros pode ser percebido na melhoria dos indicadores de saúde das mães e dos recém-nascidos, o que colocou Itaberaba em lugar de destaque na atenção pré-natal e humanização do parto. Segundo a enfermeira, obstetra e articuladora da Rede de Atenção Materno e Infantil, Lana Moraes, o número de consultas aumentou, enquanto que  o número de intercorrências preveníveis diminuiu. 

As consultas de pré-natal normalmente são realizadas pelos médicos e enfermeiros da saúde da família com o apoio dos obstetras da rede. Durante a consulta do pré-natal o enfermeiro ou o médico geralmente avalia o peso, a pressão sanguínea, a altura uterina, os batimentos cardíacos fetais. Os profissionais também verificam se há sinais de inchaço das pernas e dos pés, observam as mamas e ensina o que se pode fazer para prepará-las para a amamentação. O boletim de vacina da mulher deve ser apresentado pela gestante para que o médico veja se a paciente está em falta de alguma vacina. 

Outra ferramenta utilizada é a teleconsultoria e mentoria em pré natal através dos aplicativos de mensagem onde as equipes recebem orientações de condutas clínicas e articulam exames e procedimentos em tempo real. As equipes são preparadas para identificar os sinais de gravidade e encaminham para médicos obstetras, mantendo a vigilância destas gestantes. 

A maioria das gestantes realiza mais de sete consultas de pré-natal e ao final da gestação são vinculadas à maternidade do HGI onde recebem atenção humanizada ao parto. No HGI as gestantes são acompanhadas por equipe multidisciplinar e têm acesso a métodos de alívio da dor como massagem, banho morno, rebozo, tudo de forma individualizada de acordo as necessidades de cada mulher. 

Lana Moraes diz que “a presença do acompanhante no parto é cercada de muita emoção garantindo que o nascimento esteja cercado de muito amor. Estas mamães e bebês são acolhidos de volta pelas equipes de saúde da família que dão seguimento na consulta puerperal e de acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança”. 

A enfermeira conclui dizendo que investir na qualificação dos profissionais e nas ações de apoio à Rede de Atenção Materno e Infantil impacta de forma positiva nos processos de trabalho das equipes, na qualidade da clínica e por fim na vida das gestantes e de suas famílias.

Ele1 - Criar site de notícias