Quinta, 19 de Maio de 2022 22:04
Geral Itaberaba

Vereadores Dr. Murilo e Luciano Santana se reúnem com a OAB e Defensoria Pública para cobrarem a redução imediata da taxa de esgoto cobrada pela Embasa

Segundo informações, haverá ainda uma rodada de negociações para tentar resolver amigavelmente o problema

11/05/2022 14h40
257
Por: Redacao Fonte: Assessoria
Vereadores Dr. Murilo e Luciano Santana se reúnem com a OAB e Defensoria Pública para cobrarem a redução imediata da taxa de esgoto cobrada pela Embasa

Na manhã desta quarta-feira 11/05, os vereadores Dr Murilo e Luciano Santana, estiveram reunidos na sala da OAB no Fórum Desembargador Hélio Lanza, com os Defensores Públicos Dr Wellington e Dra Camila, além do Presidente da OAB Subseção Itaberaba Dr Etienne Magalhães Filho. Na oportunidade foram discutidos assuntos de interesse da população itaberabense, especialmente a taxa de esgoto cobrada pela EMBASA no percentual de 80%, desrespeitando a Lei Municipal n 1.617, de autoria de Dr Murilo Vítor, que reduziu para 30% a famigerada taxa. 

 

Segundo Dr Murilo, “a EMBASA insiste em desrespeitar a Lei ao cobrar 80% de taxa de esgoto, não restando outra saída que não seja uma medida judicial”. 

 

O edil afirma também que, “cabe ao poder executivo local aplicar penalidades à empresa”.  

 

Dr Murilo também fez questão de destacar a receptividade dos Defensores Públicos que, segundo o vereador, “foram muito solícitos e se sensibilizaram com a situação e se prontificaram a ajudar”.

 

Segundo informações, haverá ainda uma rodada de negociações para tentar resolver amigavelmente o problema. 

 

Já o Presidente da OAB, Dr Etienne Magalhães, destacou que “o percentual cobrado pela Embasa além de ser muito acima do razoável, não esta vinculado a critérios objetivos e claros, inexistindo transparência na fixação da tarifa”.  

Dr Etienne disse ainda que “a OAB deve estar junto à sociedade na luta pelos seus direitos”. 

Também fez questão de destacar que “a água é uma bem essencial e o cidadão não  pode ser privado do seu abastecimento em função de tarifas elevadas”.  

Os demais participantes da reunião não foram encontrados pela nossa redação.

Ele1 - Criar site de notícias